Divulgação | Phenomenological Studies — Revista da Abordagem Gestáltica

phenomenological-studies

A Revista de Abordagem Gestáltica (Phenomenological Studies) publicou em seu último número um dossiê composto por textos produzidos por membros do Grupo de Pesquisa Geografia Humanista Cultural (GHUM) no contexto do VI Seminário de Trabalho do GHUM, ocorrido na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), em Diamantina (MG), em 2015.

Intitulado “Fenomenologia e geografia: espaços, lugares e paisagens“, o dossiê tem curadoria do Prof. Dr. Tommy Akira Goto (UFU) e expressa resultados da contínua tarefa de aprofundamento teórico-epistemológico à qual se propõem os membros do GHUM, com os textos abrindo a possibilidade de diálogo com outros públicos.

Para acessar o site da revista e conhecer o sumário da edição, com a possibilidade de acessar os textos, clique aqui.

 

VII Seminário Nacional sobre Geografia e Fenomenologia (VII SEGHUM) – Limeira, 2016

banner_site

O Grupo de Pesquisa Geografia Humanista Cultural (GHUM) tem o prazer de convidar a todos para o VII Seminário Nacional sobre Geografia e Fenomenologia (VII SEGHUM) que ocorrerá no dia 25 e 26 de outubro de 2016, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em Limeira (SP).

Todas as informações relacionadas ao VII SEGHUM podem ser encontradas diretamente no site montado especialmente para o evento, no seguinte endereço:

http://viiseghum.weebly.com/

Nesse site estão disponíveis a programação do evento, informações sobre os minicursos que serão oferecidos, sugestões de hospedagem e os formulários de inscrição: um formulário para todos os que participarão como ouvintes das atividades do VII SEGHUM e um segundo apenas para aqueles que pretendem participar dos minicursos oferecidos.

Reiteramos que a participação no evento (assim como o envio dos certificados de participação) será condicionada ao correto preenchimento dos formulários com as informações pessoais e a confirmação dessa inscrição no ato do credenciamento, no dia do evento. Os formulários já estão recebendo inscrições.

Para baixar o cartaz oficial, com as principais informações e a programação completa do VII SEGHUM, clique aqui.

Como sempre, gostaríamos de transmitir nosso desejo de um grande encontro para todos. E esperamos vê-los todos no interior de São Paulo, dentro de algumas semanas.

cartaz_viiseghum_v13-10

Divulgação — III Seminário Local do NOMEAR “Identidades” (Limeira, 2016)

No dia 14 de setembro de 2016, próxima quarta-feira, acontecerá, nas dependências da Faculdade de Ciências Aplicadas (Unicamp), o III Seminário Local do NOMEAR “Identidades” (Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia — Unicamp/CNPq).

Para realizar sua inscrição para o evento, acesse: bit.ly/3SeminarioNomear.

Para conhecer a programação do III Seminário do NOMEAR, baixe aqui o .pdf do cartaz oficial.

Para maiores informações e esclarecimentos:

iiisemnomear-2016cartaz

Defesa de dissertação

logo_unicampNa sexta-feira, dia 26 de fevereiro de 2016, teremos a defesa de dissertação intitulada: “Fenomenologia dos espaços públicos: entre as certezas e inseguranças da experiência urbana“.

A dissertação será defendida por Luiz Tiago de Paula para obtenção de seu mestrado em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (Unicamp).

Local: Auditório da UL-70-B, Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), Unicamp

Horário: 9h00

Banca:
Prof. Dr. Eduardo José Marandola Junior – Orientador
Prof. Dr. Ângelo Szaniecki Perret Serpa
Prof. Dr. Álvaro de Oliveira D’Antona

Divulgação | Diálogos Humanistas I: NPGEOH & GHUAPO

No dia 18 de dezembro, sexta-feira, o Núcleo de Pesquisa em Geografia Humanista (NPGEOH — UFMG) recebe, em Belo Horizonte, o Grupo de Pesquisa Geografia Humanista, Arte e Psicologia Fenomenológica (GHUAPO — UFVJM) para os Diálogos Humanistas I: NEPGEOH & GHUAPO.

O encontro será aberto a todos os interessados. A programação é a que segue (e pode ser baixada aqui):

14h00 | Abertura
A ciência espiritual de Steiner – Virgínia de Lima Palhares

14h30-15h30 | Ser mulher na terra e na ciência
Ser mulher e a percepção da Terra – Alice Bessa
As mulheres e as plantas: uma ligação ritualística entre o feminino e o todo – Letícia Oliveira Moraes
Mar, geografia e fenomenologia – Aline Lúcia Nogueira Medeiros

15h30-17h00 | Questões de paisagens e lugares: sentir e habitar
“Ver a Terra dos Homens”: encontros Besse e Dardel – Tiago Rodrigues Moreira
Não? – Lugar: possibilidades e inviabilidades – Diana Souza Silva
Mapas mentais e geografias do cotidiano – Paulianno das Mercês Barros
A migração como forma de habitar o mundo – Ihara Santana Silva
Imagens e paisagens da Amazônia Brasileira – Juliana Martins Fonseca

17h00-17h30 | Café e prosa

17h30-18h45 | Linguagens geográficas: pra quem vê e pra quem corre
Linguagem e fenomenologia: diálogos Serres/Merleau-Ponty/Austin – Jeferson Luis de Miranda
Linguagem geopoética e geograficidade em Manoel de Barros – Valéria Amorim
Geoversar ou o Criançamento do olhar geográfico – Vanessa Araújo
Poetizando o espaço: a literatura como aproximação da cegueira – Ana Paula Fernandes Ferreira

18h45-19h15 | Encerramento
Feche os olhos e veja: Soundscape – Letícia Pádua

19h15-20h00 | Apertando tranças
Vivências e experiências do NPGEOH & GHUAPO

______
SERVIÇO

Diálogos Humanistas I: NPGEOH & GHUAPO
Local: Auditório do IGC, UFMG, Belo Horizonte (MG)
Endereço: Avenida Antônio Carlos, 6627, Pampulha, Belo Horizonte, MG. 31270-901.
Data: 18 de dezembro de 2015, das 14h às 20h.
Contato: http://npgeoh.blogspot.com.br/

Divulgação | II Seminário Local do NOMEAR sobre Educação e Fenomenologia – Limeira, 2015

Com promoção conjunta do NOMEAR (Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia – Unicamp/CNPq) e do LAGERR (Laboratório de Geografia dos Riscos e Resiliência – FCA/Unicamp) ocorrerá, no próximo dia 3 de julho de 2015, o II Seminário Local do NOMEAR, cujo tema nesse semestre será Educação e Fenomenologia.

O seminário acontecerá no Anfiteatro Azul (Sala UL04), nas dependências da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA/Unicamp), em Limeira (SP).
.
O objetivo dos seminários é ampliar o diálogo com a comunidade científica a partir destes eventos, onde os integrantes do grupo e convidados proferem palestras e apresentam trabalhos, resultados de suas pesquisas.

Para conhecer a programação do evento, que contará com palestras e painéis de pesquisas prontas e em desenvolvimento, clique aqui.

O evento terá transmissão ao vivo on-line. No dia, o endereço será divulgado no blog do NOMEAR.

Para maiores informações, entre em contato através do e-mail: fenomenologiaegeografia@gmail.com.

______

SERVIÇO

II Seminário Local do NOMEAR sobre Educação e Fenomenologia
Local: Anfiteatro Azul, FCA (Unicamp), Limeira (SP)
EndereçoRua Pedro Zacarias, 1300, Jardim São Paulo, Limeira, SP. 13484-350.
Data: 03 de julho de 2015, das 8h às 18h.
Contato: https://fenomenologiaegeografia.wordpress.com | fenomenologiaegeografia@gmail.com

Banner

Divulgação: GT Fenomenologias da experiência geográfica – XI ENANPEGE (Presidente Prudente, 2015)

Com promoção conjunta do Grupo de Pesquisa Geografia Humanista Cultural (CNPq/UFF), do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia (CNPq/Unicamp), do Grupo de Pesquisa Território, Cultura e Representação (CNPq/UFPR) e do Grupo de Pesquisa RASURAS: Imaginação Espacial, Poéticas e Cultura Visual (CNPq/UFES) acontecerá, durante o XI Encontro Nacional da Anpege (de 9 a 12 de outubro de 2015, em Presidente Prudente, SP), o “GT 17 – Fenomenologias da experiência geográfica“.

GT 17: Fenomenologias da experiência geográfica Com as transformações de toda ordem que temos vivido de forma mais intensa com a consolidação, desde os anos 1990, desta forma de globalização, tem havido uma série de “viradas” nas ciências humanas e sociais (espacial, linguística, cultural, etc.) em busca de aportes para compreensão de tais transformações. Estas viradas também atingem a geografia, reforçando a busca por filosofias que permitam compreender estas mudanças. Entre estas, a fenomenologia tem recebido interesse renovado por parte dos geógrafos. Isso porque a geografia e a fenomenologia buscam, por caminhos diferentes, o mesmo fim: a compreensão da experiência humana sobre a Terra. Este entendimento tem servido de fundamento para investigações teóricas e empíricas em diferentes temas que perpassam a experiência geográfica de mundo, ou, simplesmente, a experiência do ser-no-mundo. Esta é uma perspectiva teórico-metodológica que compreende os fenômenos geográficos a partir de sua manifestação na experiência, em sua dimensão existencial e epistemológica. A experiência é, portanto, o campo onde os símbolos, as identidades, as imagens e as imaginações se manifestam. Mas ela é também o fundamento epistemológico de investigação de uma geografia orientada pela fenomenologia. Esta, no entanto, não é unívoca, apresentando diferentes caminhos para se construir possibilidades de investigação geográfica. Como um pensamento heterodoxo, pode-se dizer que há tantas fenomenologias quanto fenomenológos. No entanto, todos passam ou centralizam sua reflexão na experiência, seja em sentido metodológico seja por permitir repensar a experiência contemporânea. O objetivo deste Grupo de Trabalho é promover a discussão das possibilidades abertas pela fenomenologia (em sua multiplicidade interna e em seus diálogos com outras filosofias, como o pós-estruturalismo, o existencialismo, a hermenêutica, etc.) para a compreensão da experiência geográfica. Serão priorizados trabalhos que problematizem os fundamentos teóricos desta relação, de natureza epistemológica, além de trabalhos de investigação compreensiva de temas/problema a partir destes aportes. Coordenadores Eduardo Marandola Jr. (Unicamp) Sylvio Fausto Gil Filho (UFPR) Antonio Carlos Queiroz Filho (UFES) Alessandro Rosaneli (UFPR)

As submissões de trabalhos iniciaram no último dia 06 e seguem abertas até 17 de maio de 2015. As normas para as submissões podem ser encontradas na primeira circular divulgada pela organização do XI ENANPEGE. Para baixar a circular, clique neste link. Untitled